DIRETORA TÉCNICA MÉDICA:
DRA.MARIUTZKA ZADINELLO
CREMESC 9562 RQE 12418

Alimentação Saudável


          De acordo com os princípios de uma alimentação saudável, todos os grupos devem compor a dieta diária. A alimentação saudável deve fornecer água, carboidrato, proteína, vitaminas, fibras e minerais, os quais são insubstituíveis e indispensáveis ao bom funcionamento do organismo. Nenhum alimento específico ou grupo dele isoladamente é suficiente para fornecer todos os nutrientes necessários a uma boa nutrição e conseqüente manutenção da saúde.

           As orientações abaixo, são baseadas nas diretrizes do Guia Alimentar para a população brasileira:

 · Consuma diariamente alimentos como cereais integrais, feijões, frutas, legumes e verduras, leite e derivados e carnes magras, aves ou peixes.

· Diminua o consumo de frituras, açúcar, gordura e sal.

· Escolha alimentos saudáveis, lendo as informações nutricionais nos rótulos dos alimentos.

· Monte seu prato com pelo menos dois terços dos alimentos de origem vegetal.

· Faça as refeições em local calmo e confortável. Encontre oportunidades para que a família se reúna na hora da refeição.

· Aproveite o tempo e desfrute as refeições. Elas são o centro da convivência social e familiar.

· Desligue a televisão na hora das refeições e coma as refeições em volta da mesa – as crianças também.

· Beba muita água entre as refeições. Sempre tenha água em locais de fácil acesso, principalmente das crianças.

· Os melhores lanches, entre as refeições, são frutas frescas ou sucos de frutas frescas sem açúcar adicionado.

· Prefira alimentos frescos da estação, que são mais baratos e nutritivos.

· Higienize muito bem os alimentos, mesmo os que não são consumidos com casca.

· Evite manteiga, margarina ou maionese nos sanduíches. Para substituir, experimente um pouco de óleo vegetal temperado com ervas, casca de limão ou alho, você mesmo pode temperar em casa.

· Movimente-se. Descubra um tipo de atividade física agradável, pois prazer também é fundamental para a saúde.

· Evite consumir mais do que duas a três xícaras de café por dia, substitua por chás de diferentes ervas frescas sem açúcar.

Fonte: Guia Alimentar para a População brasileira 2010